Você sabia que a Política Nacional de Resíduos Sólidos é um importante marco em defesa ao gerenciamento dos resíduos sólidos do Brasil, e esse ano ela completa 13 anos de existência? E não é só essa importante lei que faz anos, em agosto também é comemorado o aniversário da GreenPlat! Então fique ligado, porque no artigo desse mês vamos resgatar alguns momentos importantes para essas duas entidades do mundo da gestão ambiental.  

 Muito se fala sobre a falta de regularização para o descarte de resíduos no território brasileiro, e essa discussão não é de hoje: foram mais de 21 anos de desdobramentos no congresso nacional. Então vamos entender o que é essa lei, quais condições ela implica, e como a GreenPlat pode servir como ferramenta complementar? 

 O que é a Política Nacional de Resíduos Sólidos? 

A carinhosamente abreviada PNRS (Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010) é uma lei, sancionada em 2010, que teve como principal motivação para criação o aumento constante no consumo da população geral, e consequentemente, no volume de resíduos a serem tratados.  

Como esse comportamento pode prejudicar o meio ambiente e também a saúde humana, essa política foi instituída e desde então abrange tanto setores privados quanto públicos. 

Como a GreenPlat te ajuda a cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos?

Quais são os principais objetivos da PNRS? 

A proteção a saúde e meio ambiente, redução do volume de resíduos através da reciclagem e tratamento e estímulos sustentáveis são alguns dos principais objetivos  da lei. Além disso, o estímulo a adoção de padrões sustentáveis, uso e aprimoramento de tecnologias limpas para minimizar impactos ambientais e redução do volume e periculosidade dos resíduos perigosos também são alvos.  

Além das práticas de educação sanitária e ambiental, incentivos fiscais e à logística reversa, outros grandes pontos de destaque são a busca pela redução de resíduos gerados, o fim de aterros, e a responsabilidade compartilhada na logística reversa. Com softwares como a PlataformaVerde™, tudo isso se torna mensurável e possível!  

E como a Política Nacional de Resíduos Sólidos se aplica? 

Existem algumas ferramentas e instrumentos que foram criados a fim de possibilitar o cumprimento das diretrizes que a lei implica. Sendo os principais: 

  • Os planos de resíduos sólidos são considerados uma condição fundamental para estados e municípios terem acesso a recursos da União, pois subsidiam o planejamento e gestão em todas as esferas do governo relacionadas a resíduos.   
  • Já os inventários e sistemas declaratórios anuais de resíduos sólidos, são um conjunto de informações sobre a geração, tipologia, armazenamento e destinação final, e indústrias, estados e municípios devem reportar com alto nível de detalhes. 
  • Há ainda muitos outros: coleta seletiva, sistemas de logística reversa, incentivo a criação e desenvolvimento de cooperativas, o que mostra o aumento da complexidade dessa frente. 

Como está o Brasil em relação a Política Nacional de Resíduos Sólidos? 

O nascimento de plataformas de controle e rastreio de resíduos como a GreenPlat, certamente contribuiu positivamente para uma melhor gestão ambiental por parte de governos e empresas. O que antes não podia ser quantificado, agora é, e os documentos que antes eram sugestivos, agora são imprescindíveis. 

Entretanto, alguns objetivos caminham lentamente. A PNRS determinava que nenhuma cidade tivesse aterro até 2014, porém naquele mesmo ano, havia mais de 3.500 lixões ativos, o que representa 60,7% dos municípios descumprindo a lei. O prazo foi prorrogado para 2022, e mais uma vez para 2024.  

Como a GreenPlat te ajuda a cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos?

E como a GreenPlat contribui para o avanço da PNRS ? 

Acompanhando o ritmo das mudanças nas legislações ambientais e o movimento de maior transparência exigido para empresas e municípios, a GreenPlat lançou, em 2016, o software Saas PlataformaVerde™. Apoiado 100% em tecnologia, ele controla toda a cadeia do resíduo em tempo real. 

Além de estar conectado a sistemas públicos de todo o Brasil, facilitando a prestação de contas necessárias já citadas anteriormente, ele também facilita a emissão de documentos essenciais no processo de coletas de resíduos, como por exemplo as MTRs (Movimentações de Transporte de Resíduos), que devem acompanhar todo e qualquer transporte. 

GreenPlat: 7 anos de história!  

Nos últimos anos foram mais de 1500 clientes atendidos, mais de 5 milhões de toneladas de resíduos rastreadas e comprovadas pelo software, mais de 25 prêmios nacionais e internacionais ganhos e mais de 470 mil coletas rastreadas. 

Nosso software tem o poder de contribuir com as exigências da Política Nacional dos Resíduos sólidos de forma rápida, intuitiva e em poucos cliques. A prestação de contas nunca foi tão fácil! 

GreenPlat: Software para gestão ambiental

E é claro que não podíamos deixar de trazer uma super novidade no mês do aniversário da GreenPlat e da PNRS! A PlataformaVerde™ oferece uma nova funcionalidade que permite monitorar seus indicadores de água e energia, atrelados a metas de redução de consumo. 

Além de simplificar a gestão de resíduos, água e energia em uma plataforma única, deixando para trás as complicadas tabelas do Excel, essa funcionalidade incrível conta com alertas para evitar ultrapassar limites e metas. É como ter um assistente pessoal na busca pela eficiência energética e uso racional de água! 

E no mês de aniversários, vamos estender o período de uso gratuito para aqueles que já são clientes! Você tem mais um mês inteiro para adquirir a funcionalidade por um custo zero para um período de teste. Incrível, não é? 

Ficou interessado? Cadastre-se e receba uma demonstração gratuita das funcionalidades de água e energia da GreenPlat!