Veja algumas ideias de como executar os pilares ESG na prática 

 Em outros artigos do blog Engrenagem Verde, apresentamos o conceito, os pilares (ambiental, social e governança) e a importância do critério ESG para as empresas, além do impacto no setor de investimentos e meio ambiente.  No texto de hoje abordaremos os primeiros passos para implementar essa importante métrica em seu negócio. 

Tópicos a serem abordados:  

  • Relembrando brevemente os pilares ESG
  • Como implementar o critério na minha empresa? 
  • PlataformaVerde te ajuda a ser ESG! 

 

Relembrando brevemente os pilares ESG 

ESG é a sigla para Environmental, Social and Corporate Governance (em português Ambiental, Social e Governança Corporativa), que é, de maneira resumidauma forma de investidores analisarem as corporações sob o ponto de vista de suas iniciativas e comprometimento com o meio ambiente, questões sociais e a governança.  

As empresas que atendem aos critérios tendem a apresentar algumas vantagens, sendo elas:  a redução de custos; a alta competitividade de longo prazo; a minimização de intervenções regulatórias e legais; o aumento de produtividade dos funcionários; e principalmente  otimização de investimentos socialmente positivos. 

Você pode ver artigos completos sobre o conceito e vantagens do ESG: aqui. 

Como implementar o critério na minha empresa? 

Antes de iniciar a aplicação dos critérios ESG em sua empresa e colher os frutos e vantagens apresentados a cima, é importante ter alguns pontos em mente:  

  • Conheça seu negócio de ponta a ponta: a nossa dica neste sentido é buscar a visão holística sobre seu negócio, pois ao entender suas atividades como um todo, incluindo as questões ambientais, sociais e de governança já existentesvocê pode analisar e averiguar onde aplicar melhores práticas. 
  • Tenha gestão da informação real time: como diria o Professor Vicente Falconi: “Sem medição, não há gestão” e uma maneira de alcançar o entendimento completo sobre suas atividades (conforme citamos no tópico anterior), é ter o controle e principalmente o acompanhamento de todos os dados relevantes quando quiser. A gestão da informação em tempo real é uma poderosa aliada para a implementação das métricas ESG pois permite que sejam feitas auditorias e análises com mais facilidade e rapidez, além de entender se a prática/mudança aplicada está tendo resultados.  
  • Monte uma comissão de ESG: para ter mais eficiência e controle você pode montar uma comissão ESG que será responsável por pensar em estratégias para a aplicação dos princípios com base nas informações e conhecimentos gerais do negócio. A comissão pode ser composta por colaboradores e funcionários de diferentes áreas e funções para que a visão holística da empresa seja ainda maior.  
  • Busque documentos governamentais como direcionadores: documentos nacionais e internacionais como a Agenda 2030, o Acordo de Paris, a Política Nacional de Resíduos Sólidos e muitos outros, podem funcionar como guias de aplicação para melhores práticas ESG. Isso se deve ao fato de os critérios ESG atuarem sempre em consonância com o que foi acordado governamentalmente.  
  • Escolha parceiros que já sigam os critérios: ter parceiros, fornecedores e stakeholders que estejam alinhados aos pilares ESG “facilita” seu processo de implantação dos pilares. Isso se deve a responsabilidade compartilhada que muitos processos têm, por isso, sempre questione e investigue a atuação dos parceiros quanto a questões ambientais, sociais e de governança.  

Sabendo destes pontos importantíssimos para a aplicação dos critérios ESG, cada negócio deve estão criar um fluxo para entender > analisar > implementar as melhores práticas de acordo com a sua situação. É muito valioso entender que as práticas mudam de empresa para empresa, e que alterações devem ser feitas depois de visualizar o que pode beneficiar o seu negócio e o meio ambiente dentro da sua atuação. 

 De qualquer forma, aqui vão alguns exemplos de ações/ideias de como aplicar os pilares ambiental, social e governança corporativa:  

 Ambiental 

  • Substituir o uso de energia gerada pela queima de combustíveis por energias renováveis 
  • Reduzir significativamente ou zerar emissões de gases de efeito estufa 
  • Diminuir a geração de resíduos sólidos e o envio de resíduos sólidos para Aterros Sanitários; 
  • Melhorar o gerenciamento de resíduos, garantindo que recebam o descarte ambientalmente correto; 
  • Adotar medidas de prevenção a desastres e gestão de riscos. 

 Social 

  • Elabore políticas de inclusão e diversidade; 
  • Atue em conformidade com a legislação; 
  • Execute ações positivas com a comunidade local; 
  • Contribua para projetos sociais em diversos âmbitos; 
  • Gere impacto positivo social com o seu negócio.  

 Governança 

  • Ser ética e transparência em todas as relações em que está envolvida 
  • Garantir que os Conselhos incluam a diversidade; 
  • Esteja de acordo com a legislação em todos as práticas executadas (incluindo sociais e ambientais);  
  • Delimite as responsabilidades e encargos dos diretores e acionistas 
  • Elabore ações de combate à corrupção. 

 PlataformaVerde te ajuda a ser ESG 

 Usando a PlataformaVerde é possível ter gestão controle e dados de toda a sua produção, desde a extração da matéria prima até o descarte do resíduo. Isso proporciona uma visão direta e holística de sua cadeia de produtiva, transparência de dados, gestão integrada de resíduos, além de atender ao critério “ambiental”, que auxiliam na implantação do critério ESG. 

Nosso software também é hospedado em nuvem, o que possibilita o acesso remoto de informações de qualquer hora e lugar 

Você tem outras dúvidas sobre ESG?  

Gostaria de aprofundar os conceitos para entender melhor como a PlataformaVerde pode auxiliar seu empreendimento, negócio ou iniciativa a aplicar métricas ESG e se tornar um grande aliado da sustentabilidade global? 

Entre em contato: comercial@plataformaverde.com.br